11.5.09

O Sr. António


Lembram-se do ascensorista, o homem triste com a profissão mais triste do mundo? Pois o Sr. António pode gabar-se do contrário, um trabalho que faz a inveja de qualquer um. O Sr. António é um transmontano seco, e calado, pois traz os olhos saturados de verde e do infinito do voo das águias e dos abutres. Todos os dias conduz o seu barco, a partir da Congida, rio acima, de um lado Espanha do outro Portugal, por uma das paisagens mais belas e intocadas que imaginar se possa. Como alguém escreveu, “um excesso de natureza”, os laranjais, depois as arribas, bosques de zimbro, carrascos, o verde das manchas de lodões, penedias e cumes que só as aves de rapina, a cegonha negra e o Sr. António conhecem, o silêncio e o deslumbre.

No comments: