24.4.08

O exemplo da Suiça


Quando estive na Suiça era lindo ver pelas manhas as crianças a caminho da escola a pé, acompanhadas pelas mães, a meio do dia voltavam a casa acompanhadas pelas mães. No hospital estava sempre a comentar-se que a enfermeira A ia ficar a 50 % para tratar da família, que a enfermeira B estava agora a voltar aos 100 % porque os filhos já estavam mais crescidos, até havia mulheres* com filhos já independentes que preferiam não trabalhar a 100 % porque sim, mas faziam-no porque o homem da casa ganhava o suficiente para garantir um bom nível de vida.




*Mas sempre mulheres, não conheci um único caso de um homem com redução de horário.

1 comment:

Nostálgica said...

QUem dera que em portugal também isso se verificasse..

um bjnho.